Post Orginal

3 de agosto de 2009 – Hoje o Berkeley Repertory Theater anunciou o elenco para sua estréia mundial de American Idiot. Baseado no álbum vencedor de Grammy do mesmo nome, o show apresenta as músicas do Green Day e letras do frontman Billie Joe Armstrong. American Idiot está sendo dirgido pelo diretor vencedor de Tony, Michael Mayer, que também colaborou com Armstrong na história. Ator vencedor de Tony, John Gallagher Jr., fará o papel de Johnny (Jesus of Suburbia), comandando um elenco de 19 artistas jovens, que também incluem Matt Caplan como Tunny, Michael Esper como Will, e Tony Vincent como St. Jimmy com Mary Faber como Heather, Rebecca Naomi Jones como Whatsername, e Christina Sajous como Extraordinary Girl. O Berkeley Rep apresenta o show em associação com Tom Hulce e Ira Pittelman, produtores executivos de Spring Awakening.

American Idiot estará em cartaz do dia 4 de setembro à 11 de outubro, abrindo a temporada 2009/10 do Berkeley Rep no Roda Theatre. Ingressos estão disponíveis agora como parte de um pacote da temporada, que inclui outros 6 novos shows. A venda dos assentos restantes serão vendidos para o público a partir do dia 7 de agosto no berkeleyrep.org, começando a apenas $32 – metade destes para aqueles menores de 30 anos.

“Estivemos trabalhando com o elenco para este show durante os últimos meses,” diz Armstrong, “então vimos de primeira mão quão incríveis estes atores são. Continuamos impressionados com a maneira com que estão manuseando e interpretando o material. Seus talentos realmente trouxeram o álbum à vida de uma maneira muito incrível.”

“Este elenco ferozmente talentoso está investindo cada fibra deles mesmo neste material,” comenta Mayer. “Eles estão trazendo profundidade e paixão aos seus personagens, e cantando as músicas de uma maneira muito foda. Assisti-los habitar o dinamismo cinético da brilhante coreografia de Steven Hogget é de tirar o fôlego. É uma honra rara ser abençoado por artistas tão devotos e espetacularmente criativos.”

“Desde o momento em que chegaram ao Berkeley Rep, tem sido entusiasmante assistir estes atores se jogarem de cabeça neste projeto, e ver a energia crescer ao colaborarem com nossa equipe,” diz Tony Taccone, o diretor artístico do teatro. “Estamos muito animados com Amercan Idiot e mal conseguimos esperar para dividi-lo com nossa platéia.”

(…)

A peça estrela sete artistas respeitados. Matt Caplan (Tunny), um guitarrista que lançou três CDs, se apresentou na Broadway em Rent e South Pacific, na TV em New Amsterdam, e nos filmes  Across the Universe e Painting Abby Lon. Michael Esper (Will) fez sua estréia na Broadway em A Man for All Seasons. Mary Faber (Heather) se apresentou na Broadway em Avenue Q., ela também já participou de peças off Broadway no Lucille Lortel Theatre, Playwrights Horizons, e York Theatre Company, e em shows de improvisação e comédia no Ars Nova, The Second City: NYC, e Upright Citizens Brigade.  John Gallagher Jr. (Johnny) ganhou um Tony Award por sua interpretação de Mortiz em Spring Awakening. Apresentou-se em Rabbit Hole na Broadway; Current Events, Farragut North, Kimberly Akimbo, e Port Authority off Broadway; e em filmes como Tudo Pode dar Certo do Woody Allen e Margaret de Kenneth Lonergan. Rebecca Naomi Jones (Whatsername) se apresentou em Passing Strange no Berkeley Rep, off Broadway, on Broadway, e em filmes. Previamente ela saiu em turnê com Caroline, or Cahnge; Little Shop of Horrors; e Rent; recentemente esteve no This Beautiful City e Wig Out! no Vineyard

Theatre. Christina Sajous (Extraordinary Girl) apareceu na turnê americana de Rent. Em Nova Iorque atuou em King Lear com o Classical Teater of Harlem e Wild Party no Culture Project. Em concertos, já se apresentou com artistas como Patti Labelle, Musiq Soulchild, e Chrisette Michelle. Tony Vincent (St. Jimmy) se apresentou na Broadway em Jesus Christ Superstar e Rent, e em Londres e Las Vegas no We Will Rock You, se apresentou como  o frontman da banda de rock Queen em várias ocasiões, incluindo o Golden Jubilee da Rainha Elizabeth e Party in the Park.

Esses artistas têm o apoio de um elenco secundário de 12 jovens talentos. Declan Bennet, um compositor com dois CDs, apareceu na Broadway em Rent e no West End em Taboo. Andrew Call se apresentou na Broadway em Cry Baby, Glory Days, e High Fidelity e off Broadway em Altar Boyz. Gerard Canonico fez sua estréia na Broadway aos oito anos de idade como Gavroche em Les Misérables; mais recentemente atuou em Spring Awakening na Broadway. Miguel Cervantes retratou Chip na Broadway e na turnê americana de The Putnam County Spelling Bee; também atuou em Happiness no Lincoln Center. Joshua Henry se apresentou em Serenade off Broadway, In the Heights on e off Broadway, e em programas de TV como Kings e Sex and the City. Brian Charles Johnson se apresentou nas produções on Broadway e off Broadway de Spring Awakening, e em workshops de shows no Manhattan Theatre Club e Roundabout Theatre Company. Chase Peacock se apresentou no North Carolina Theatre, Paper Mill Playhouse, e na primeira turnê americana do Hish School Musical da Disney. Theo Stockman foi nomeado Melhor Ator Principal no Festival Internacional de Teatro em Warsaw antes de aparecer nas produções on e off Broadway de Hair. Ben Thompson se apresentou em Cyrano de Bergerac no Metropolitan Opera e em turnês americanas de Big River, HSM, e Joseph and the Amazing Technicolor Dreamcoat. Alysha Umphress participou do filme Across the Universe, da peça off Broadway, Make Me a Song, e abria shows da Diana Krall. Morgan Weed apareceu off Broadway nas estréias mundiais de Saved, Bowery Boys, The Boys are Coming Home, In the Bubble, e Was. Libby Winters se apresentou no New York Musical Theatre Festival e New York Stage and Film; ela também canta e toca guitarra na banda The Fabulous Entourage.

(…)

American Idiot inclui o trabalho do coreógrafo vencedor do Olivier Award, Steven Hoggett com o compositor vencedor de dois Tony Awards, Tom Kitt providenciando supervisão de música, arranjos, e orquestração. A equipe de design é composta por a nomeada ao Tony, Christine Joens (cenários), duas vezes vendecor do Tony, Kevin Adams (iluminação), Andrea Lauer (fantasias), vencedor do Obie Award, Brian Ronan (som), e Darrel Maloney (vídeo designer).

O show é apoiado por vários contribuintes ao Fundo Anual do Berkeley Rep. Bill Falik e

Diana Cohen, John and Helen Meyer, Sally Smith e Don Burns, the Strauch Kulhanjian

Family, e Felicia Woytak e Steve Rasmussen servem como produtores executivos. O principal patrocinador é a Levi’s®, e o show também é patrocinado pela Fundação Phyllis C. Wattis.

(…)

Berkeley Rep

Tradução: Marie Bastos